if you add /chrono to the end of a tag, you can view that tag in chronological order. ie “.com/tagged/jinx/chrono”

this is useful when you want to read a tagged thread in order and not have to scroll backwards. enjoy!

Anonymous inquired: ♠ ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Send ♠ for a drunk text

Mari ….. - Apoiei o copo de milkshake completamente preenchido de caipirinha (com uma mistura forte em termos de álcool). - Sirva-se.

Isso é algum tipo de experimento? - Mari olhou o copo curiosa enquanto me perguntava.

Sim, é um experimento, você precisa tomar o conteúdo desse recipiente em no máximo 2 goladas, após isso espere 10 minutos e quando começar a sentir os efeitos da droga, escreva uma carta para o aquele anônimo uke ali. - Apontei para o anônimo. Mari o olhou curiosa, possivelmente se perguntando como eu sabia que ele era uke, mas isso não era importante para o momento.

Certo. - Ela disse e tomou o conteúdo do copo fazendo caretas por não ter costume com tal bebida.

4 minutos se passaram.

Oulá anônimo, - Além de não esperar os 10 minutos, Mari dizia com uma voz arrastada e com o corpo já perdendo para a bebida, se comparada comigo, ela não tinha um pingo de resistência à álcool.

Já ouviuuu .. falar em .. como era o nome daqueele louco mesmo? - Ela se virou repentinamente quase caindo no processo e se apoiando no meu ombro.

Quem, Mari?

Teoorila da relatibidade. É. - E começou a dizer palavras com consoantes trocadas, ou sobrando ou faltando enquanto se apoiava em mim.

Einstein.

IIIIZZO. - Ela gritou metendo um dedo em minha cara, provavelmente queria somente apontar dizendo que eu estava certa, mas ela não mediu a força e nem a distância e por isso me acertou, eu por fim, fechei os olhos instintivamente para protegê-los.

Ser uuke … - E fez uma enorme pausa, possivelmente a bebida estava afetando sua memória de continuidade. - é relatiiiivo. - E então ela olhou novamente o anon.

AHHHH. - E apontou um dos dedos pra ele. - EEEINSTEIN ESTAVA ERRAAADO.

Peguei ela pelo rosto e lhe disse calmamente: - Mari, não precisa gritar. - Ela balançou a cabeça e continuou falando. - Eze anon é totalmeeente uke, não relaaatibamente.

E acabou dormindo antes de continuar.

Sorry anon~

shiramoto inquired:

"Send ♔ for an angry text"

Angry text Mari…

E eu teria algum motivo para estar irritada com algo?

Well, eu não sou você, mas todo mundo se irrita com algo, se vira pra responder agora .-.

Com um semblante de poucos amigos, Mari suspirou.

Viu? Isso é se irritar, agora pode começar~~~

Olá Shiramoto, eu não espero que esteja bem porque eu não tenho nenhum propósito em esperar que você esteja bem, isso cabe a você.

De toda forma, eu gostaria de ter uma conversa bastante produtiva com o arquiteto que projetou o corpo humano, principalmente em se tratando da versão fêmea.

Por exemplo, não há um propósito claro e coerente para que mulheres sangrem todos os meses, sem exceção. E eu tenho plena consciência de que esse processo é necessário para que elas gerem filhos. Mas pense um pouco comigo.

Uma fêmea da espécie acima citada leva em torno de 8 a 9 meses para gerar um filho de forma satisfatória e sem riscos, e tem sangramentos mensais.

Se para gerar um filho são necessários 9 meses, então os sangramentos poderiam ser também nesse período de tempo.

Se você não sabe, o corpo da mulher foi todo projetado para que ele fosse totalmente apropriado para gerar um filho e isso inclui um metabolismo mais lento, o corpo mais fraco em termos de músculos e mais flexível para que o próprio corpo possa se esticar sem problemas no processo. Fora diversas e inúmeras outras coisas(Seios por exemplo só servem para amamentar, e isso quer dizer que são inúteis em 99,9999999999(Insira uma dízima periódica simples aqui)% do tempo de vida de uma mulher).

O projeto do corpo feminino é no mínimo ultrapassado e mal projetado, isso é irritante de certa forma.

Acabei por tombar minha cabeça enquanto olhava Mari falar do corpo feminino, ela tinha bastante razão ali.

O Corpo masculino tem erros de projeto grotesco, o sa..

MARIIII - E pulei nela tampando sua boca.

Ok, por hoje já está bom ^_^

Send ✆ for a morning text

Send ♔ for an angry text

Send ♠ for a drunk text

Send ☏ for a vague text

Send ⁇ for a worried text

Send ♣ for a text not meant for you

Send ✘ for a text that should never have been sent

Send ✺for a saucy text

Send √ for a long winded confessing text 

Send ☠ for misguided advice

Send ☢ for a desperate text

Send ☼ for a congratulatory text

fico me perguntando como seria a reposta da Mari dependendo da ask lol

taku-tome:

Elesis:

image

Lire:

image

Arme:

image

Ryan:

image

Ronan:

image

Lass:

image

Amy:

image

Jin:

image

Sieghart:

image

image

Mari:

image

Dio:

image

Zero:

image

image

image

Rey:

image

Lupus:

image

Azin:

image

image

Lin:

image

Holy:

image

Edel:

image

Veigas:

image

Outros desse tipo: X e X

Não, sério, putaquemepariu~~~~

magic-anon-oficial-gct:

E não, Mari, você não pode inventar um jeito de burlar isso, vai ficar todo mundo no escuro mesmo.

~Poof por uma semana~

Eeeeehhh, mas os hologramas tem retroiluminação, é natural (Btw, usa energia convertida do próprio corpo dela), nem isso? Não que eu realmente vá usar pra iluminar algo, mas eu sempre uso pra várias coisas que eu faço?

Nway~

lupus-wild:

ethelfrost:

lupus-wild:

ethelfrost:

arme-chan-gc:

lupus-wild:

arme-chan-gc:

GG galera.

Eu ainda não apareci por não encontrar motivo aparente pra aparecer em nenhum dos turnos já existentes q /ooc

Convida a Edel pra turnar

oi? /ooc

OI EDEL, COMO VAI EDEL, QUER TURNAR EDEL? Q /ooc

… Pode ser /ooc

Deixa eu conferir se não tem ninguém na sala, perae /ooc

Preguiça de turnar depois da Pérola com o lupus, ainda pensando em algo tão divertido quanto pra turnar (Ou seja, sem saco pra turnos monótonos) /ooc

elesissieghart:

lupus-wild:

Tem algo errado rs /ooc

Todo mundo é mais alto que você, aceite isso~ /OOC

Até a mari que é like rodapé rs /runs

lupus-wild:

rey-von-crimson:

lassisolet:

arme-chan-gc:

LUPUS, SEU INFELIZ, SEU QUARTO FICA NO SEGUNDO ANDAR, TEM BANHEIRO LÁ TAMBÉM. MAS POR QUE DIABOS VOCÊ VEIO LOGO NO TERCEIRO?

Porque ele é um filho da puta *corre* /ooc

ooc:
1- Porque ele não tem senso de direção e se perdeu

2- Porque ele acha que o banheiro do 3º andar é mais limpinho /ooc

Rey: Mas é claro que é mais limpo, eu uso aquilo!

PORQUE EU QUERO ME ENFIAR NO SEU TURNO SDKJGNDKJSGNAJSDG /OOC

Depois de quase ser comido vivo pela Lothos agora vai aprontar outra com a rey, hmm sei… /ooc

lupus-wild:

marimingonette:

lupus-wild:

tia-lothos:

Viu a comandante entrar no QG e sabia que com certeza aquilo daria um bom mal entendido. Ouviu o que ela disse e revirou os olhos.

Dessa vez a culpa não foi minha, ela quem tirou a camisa. E não é o que está pensando, comandante. - Disse com sarcasmo na voz, como de costume, já recolocando sua camisa. Não queria que a loira enchesse o seu saco.

Olhou para a comandante que falou coisas completamente sem contexto e ficou em dúvidas sobre o que ela estava falando. Olhou para Lupus a respondendo e novamente não entendeu o assunto dos dois, do que eles estão falando afinal?

Quando notou o garoto recolocando a blusa tentou pará-lo com uma das mãos. - Eu disse, vai atrapalhar com ela. - Disse em tom de desaprovação.

- Independente de quem seja a culpa - elevou a voz - Vocês tem seus quartos, qual o problema em usá-lo?

Estava ficando irritada com a indiferença da tecnomaga sobre seu tom reprovador. Mari não vivia ali para “trabalhar” como os demais chasers, mas no mínimo devia respeito à pessoa que paga as contas da casa comandante.

- Eu realmente não esperava tal atitude de você, senhorita Onette.

Ao ouvir a última frase, o caçador pôs-se a gargalhar. Não se importava muito com a sua própria imagem perante a comandante, mas imaginar algo do tipo vindo de alguém como Mari era no mínimo cômico.

Não vai atrapalhar, tecnomaga. Deixe assim mesmo. - Disse em tom de ironia, querendo saber a reação da comandante.

Ficou completamente perdida com o tom reprovador da comandante. Examinar o braço do caçador era errado na sala, mas correto no quarto? Qual era a lógica por trás do que ela estava dizendo?

Olhou então completamente inexpressiva para a comandante quando seu sobrenome foi pronunciado, e notou inclusive o caçador insistindo em vestir a blusa - Hmm…? - Tombou a cabeça ainda sem entender o que estava acontecendo alí. - É errado examinar o braço biônico do Lupus para adicionar dados à minha pesquisa, na sala, mas permitido no quarto? … Não sabia de tal regra.  Eu sinto muito pelo ocorrido.

Olhou então para Lupus inexpressiva como sempre. - Lupus, meu quarto ou o seu?

"Examinar o braço", é essa a desculpa que inventaram? Irrelevante.

- Da maneira como estão fazendo, sim. - Respondeu ríspida. Deixou-os como estava e rumou o corredor. - Espero que tenham se movido quando eu passar por aqui de novo. - Disse por fim, quase em tom de ameaça.

Gargalhou mais uma vez, divertindo-se com a situação. - Você não vai examinar meu braço sem que eu tenha algo em troca, garota. - Levantou-se do sofá, ficando de pé.

Entendido. - E bateu continência, como sabia que soldados faziam com ordens de seus superiores como generais ou coisa do tipo. Voltou a olhar para Lupus quando ele falou sobre compensação.

Estranhou, a princípio, o garoto rindo da comandante, seriam loucos?

O que quer? - Perguntou inocente e inexpressiva como se fosse a coisa mais natural do mundo perguntar aquilo numa situação daquelas.

O que você tem a oferecer? - Disse com um sorriso cínico; novamente o duplo sentido dominava o clima. Aquilo era demasiadamente divertido.

Praticamente de tudo. - Disse séria, mas o “Tudo” em sua mente se referia aos seus próprios desejos, ela possuia todas as ferramentas de que precisava, sistemas, hardware, maquinário, algumas armas, energia e diversas outras coisas. Pra ela, aquilo era praticamente tudo.